Governo do Estado do Espírito Santo
18/01/2021 17h45

Hospital Antônio Bezerra de Faria realiza primeira captação de córneas de 2021

Na última sexta-feira (15), o Hospital Estadual Antônio Bezerra de Faria (HEABF) realizou a primeira captação de córnea de 2021. A doação foi realizada após consentimento dos familiares de uma paciente de 68 anos.

A córnea é um tecido transparente que fica na parte da frente dos olhos. Se a córnea se danifica por doenças, lesões ou infecções o paciente pode ter a visão afetada definitivamente, sendo necessário o transplante do órgão doente pelo sadio.

A enfermeira responsável pela abordagem da família relatou o momento. “Eu tentei me colocar no lugar de quem está aguardando por uma córnea. Eu passei para a família do possível doador a importância de doar, entendendo o momento de dor e tendo empatia por aqueles que sofrem. Disse a eles que outras pessoas poderiam ter a chance de enxergar como enxergamos com esse gesto de solidariedade. E disse a eles que era um gesto de amor”, afirmou a enfermeira Euzilene da Penha Monteiro.

Existe uma fila única em que todos os possíveis receptores estão cadastrados, portanto, quando a família autoriza a doação, o órgão vai para o primeiro dessa fila. No caso das córneas, com apenas um doador dois receptores podem ser beneficiados.

O diretor do HEABF, João Luiz Dorneles falou sobre a captação. “É muito gratificante ver o envolvimento da equipe no cuidado com os pacientes. Poder fazer a pessoa enxergar novamente ou pela primeira vez é algo indescritível. Ver as cores, os olhos de outras pessoas, o sorriso de uma criança, de uma mãe, esposa, filhos, não tem preço. E certamente hoje será mais um dia especial para todos nós, pois fizemos a diferença em um momento tão conturbado mundialmente. E a esses familiares resilientes meus sinceros agradecimentos e parabenizo a equipe HEABF”.

No Brasil, o transplante só acontece com a autorização de um familiar do doador. Por isso, é fundamental falar com a família sobre o desejo da doação. A doação de órgãos só acontece após autorização por escrito de um familiar.

Conheça como funciona o programa de Transplantes de Órgãos da Secretaria da Saúde (Sesa). Clique aqui (https://saude.es.gov.br/transplantes).

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sesa

Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais

asscom@saude.es.gov.br

 

Assessoria de Comunicação iNOVA Capixaba

Luan Ribeiro / Lívia Romualdo

comunicacao@inovacapixaba.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard