09/10/2021 11h38 - Atualizado em 10/11/2021 11h39

Paciente do Hospital Central reencontra família após 11 anos

Após 11 anos longe da família, Hélio Mariano Xavier, de 54 anos, que estava internado no Hospital Estadual Central – Dr. Benício Tavares Pereira (HEC), teve a oportunidade de reencontrar uma de suas irmãs, nessa quinta-feira (07). O paciente foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) com sinais de acidente vascular cerebral (AVC), e deu entrada na unidade hospitalar sem documentação no último 23 de setembro.

Devido ao seu estado de saúde, ele chegou a passar alguns dias entubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, ao ser extubado, informou seu nome para a equipe que o acompanhava. O paciente ainda contou que saiu sozinho de sua cidade natal, Caratinga, em Minas Gerais, para viver no Espírito Santo: “Eu vim para conhecer as praias e não quis mais ir embora”.


Ao saber da história de Hélio, o Serviço Social do HEC iniciou as buscas por seus familiares na cidade mineira e conseguiu estabelecer contato com uma irmã do paciente, que reside em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. Mesmo sem conhecer Vitória, ela se dispôs a vir buscar o irmão e levá-lo para sua casa.


“Eu não o via há 24 anos, quando me mudei para o Rio de Janeiro. Desde que ele saiu de Minas, há 11 anos, ficamos sem notícias dele, chegamos a pensar que algo fatal pudesse ter acontecido, mas Deus me deu a oportunidade de reencontrá-lo e poder acolhê-lo junto à minha família agora”, contou Rosania Xavier.


Para Hélio, essa é a chance de um recomeço ao lado da família. “Estou feliz por reencontrar minha irmã e conhecer meus sobrinhos. Agora quero aproveitar um pouco das praias do Rio de Janeiro também”, afirmou.

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sesa

Syria Luppi / Kárita Iana / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais/ Ana Cláudia dos Santos

asscom@saude.es.gov.br

 

Comunicação iNOVA Capixaba

Luan Ribeiro, Lívia Romualdo, Gessika Avila

comunicacao@inovacapixaba.es.gov.br

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard